Brasil passa Rússia e é segundo país com mais casos de Covid-19 no mundo


Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
22 de Maio de 2020 às 22:25 | Atualizado 22 de Maio de 2020 às 23:17
ilustração coronavírus teste

Ilustração do novo coronavírus e de mão com luva segurando um teste para a doença

Foto: Reprodução/Pixabay

O Brasil passou a Rússia e é o segundo país com mais casos de Covid-19 no mundo, segundo o balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na noite desta sexta-feira (22). O número de novas mortes confirmadas ficou acima de mil pelo segundo dia consecutivo, com 1.001 novos registros, elevando o total para 21.048. 

O país confirmou 20.803 novos casos, maior número para um único dia, e chegou a um total 330.890 diagnósticos da doença do novo coronavírus.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, este número coloca o Brasil atrás apenas dos Estados Unidos, que possuem 1,59 milhão de casos. Em terceiro, fica agora a Rússia, com 326.448 casos confirmados.

Assista e leia também:

América do Sul é novo epicentro da Covid-19 e Brasil é o mais afetado, diz OMS

Amplo estudo aponta maior risco de morte em tratamento com hidroxicloroquina

Covid-19 em 'temporada da gripe' transformou Norte em foco de pandemia

Ao todo, segundo o Ministério da Saúde, são 135 mil pessoas recuperadas e 174 mil em acompanhamento. Há 3.552 mortes em investigação.

A atualização diária é referente aos registros enviados ao Ministério da Saúde desde o fechamento do boletim anterior, divulgado às 19h de quinta-feira (21). Os novos casos e mortes não são, necessariamente, referentes a esse período, que abrange apenas o espaço de tempo em que foram confirmados, em virtude da própria demora na testagem e processamento das informações.

São Paulo é o estado com o maior número de casos (76.871) e mortes (5.773) no país. O segundo estado com mais casos é o Ceará, com 34.573. Em número de mortes, é o Rio de Janeiro, com 3.657 vítimas fatais da doença do novo coronavírus.

As maiores incidências proporcionais (divisão de casos pelo número de habitantes) estão no Amapá (668 casos a cada 100 mil habitantes) e no Amazonas (652 casos/100 mil habitantes). Já em relação à mortalidade média, o Amazonas tem 40 mortes a cada 100 mil habitantes, seguido pelo Ceará (24,6/100 mil habitantes).

Boletim Coronavírus - 22/05

Boletim Coronavírus - 22/05

Foto: Ministério da Saúde