Brasil tem 679 mortes por Covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde

Governo federal divulgou dados mais cedo do que nos últimos dias, com números que batem com os do Conass, o conselho dos secretários estaduais de saúde

Guilherme Venaglia, da CNN em São Paulo
08 de junho de 2020 às 18:52 | Atualizado 08 de junho de 2020 às 21:27
Ilustração do novo coronavírus em roxo
Foto: Reprodução/Pixabay

O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira (8) que 679 pessoas morreram vítimas da Covid-19 nas últimas 24 horas. O número é igual ao informado pelo Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), órgão que reúne os secretários de saúde dos 26 estados e do Distrito Federal.

Diferentemente do governo federal, o Conass faz também a divulgação dos números totais da doença no Brasil. Segundo o portal mantido pelos estados, são 37.134 mortes e 707.412 casos confirmados da Covid-19 no país. Dos mais de 700 mil casos, 15.654 foram confirmados em um período de um dia.

O conselho passou a fazer a divulgação diária neste domingo (7), depois que o Ministério da Saúde alterou a sua política de divulgação, reduzindo as informações. Na semana passada, a pasta também fez a divulgação às 22h, diferentemente das 19h, que era o horário padrão até a semana anterior. 

Os números atuais colocam o Brasil, segundo a Universidade Johns Hopkins, como o terceiro país em maior número de vítimas fatais (atrás do Reino Unido, 40,6 mil mortes; e dos Estados Unidos, 110,9 mil mortes). Em relação ao número de casos, é o segundo país, atrás apenas dos EUA, que confirmaram 1,9 milhão de diagnósticos para a Covid-19.

Em entrevista dada no domingo à CNN, o presidente do Conass, Alberto Beltrame, também secretário de saúde do Pará, disse que a ideia é divulgar número de casos e de óbitos, mas com o tempo ampliar os dados. "Vamos aperfeiçoá-lo cada vez mais. Em breve agregaremos curvas cumulativas e logarítmicas – tudo com o objetivo de bem informar, permitir análise de tendências por estado e regiões", declarou.

Assista e leia também:

Respiradores fabricados no Brasil custarão 85% a menos do que o importado

Para Teich, recontagem de casos de Covid-19 vai indicar mais mortes

Veja o que já se sabe sobre as vacinas contra o novo coronavírus

De acordo com a divulgação do Conass, São Paulo é o estado com o maior número de casos, são 144.593 casos e 9.188 mortes. O Ministério da Saúde, que não dá os dados totais, apenas a oscilação diária, informa que o estado registrou 1.520 diagnósticos e 43 novas mortes.

O Rio de Janeiro possui 69.499 (+1.743) casos confirmados e 6.781 (+74) mortes. O Ceará registra 65.605 (+1.334) casos e 4.120 (+138) mortes.