São Paulo bate novo recorde de mortes por Covid-19 pelo segundo dia consecutivo


Paula Mariane, da CNN, em São Paulo
17 de junho de 2020 às 13:25 | Atualizado 17 de junho de 2020 às 14:31
São Paulo, metrô

Até o momento, o estado de São Paulo registrou 191.517 casos confirmados de Covid-19

Foto: Bruno Rocha - 02.jun.2020/Estadão Conteúdo

O estado de São Paulo registrou 389 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o número total de mortes para 11.521. Este é o segundo dia consecutivo em que o estado bate recorde de mortes diárias. Os dados foram divulgados durante a coletiva de imprensa nesta quarta-feira (17).

De acordo com a atualização mais recente do boletim epidemiológico, o estado de São Paulo registrou 191.517 casos confirmados do novo coronavírus, com 34.599 altas hospitalares até o momento. 

A taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva no estado é de 70,6%. Na região metropolitana de São Paulo, o índice chega a 77,1%.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, disse que a taxa de letalidade da doença está abaixo da projeção feita pelo governo. “Sempre é difícil trazer aqui o número de óbitos, mas a notícia boa é que nossa taxa de mortalidade está caminhando para uma estabilização", declarou. 

Assista e leia também:

Secretário de Saúde de SP acredita em redução de mortes 'nos próximos dias'
Estudo de Oxford vê dexametasona como 'grande avanço' no tratamento da Covid-19
Vacina será testada no Brasil com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia
Robô é utilizado para desinfetar trens e metrô em São Paulo

Treinos de futebol

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que os times de futebol poderão retomar os treinos a partir de 1º de julho. O anúncio foi feito durante a coletiva de imprensa desta quarta-feira (17). 

"[O governo] determinou e finalizou hoje, pela manhã, todos os protocolos para as equipes de futebol profissional da série A1, para que possam voltar a treinar a partir do dia 1º de julho", declarou. 

De acordo com o governo, os clubes deverão adotar medidas para retomar os treinos. Os jogadores e a comissão técnica, que terão suas temperaturas medidas constantemente, também deverão realizar testes para detecção da Covid-19. Além disso, não será permitida a presença de torcida. 

Flexibilização

Na coletiva desta quarta-feira (17), o governo anunciou uma mudança na divulgação da classificação das fases do Plano São Paulo, que trata da retomada das atividades nas regiões do estado de São Paulo. 

A atualização do mapa regional, que ocorria semanalmente às quartas-feiras, será divulgada a cada duas semanas, às sextas-feiras.

"O anúuncio será feito às sextas-feiras para que tenhamos um número mais atualizado", acrescentou Ellen.

Ela também afirmou que o governo poderá retroceder na flexibilização, caso as regiões do estado não alcancem os índices necessários para a reabertura gradual das atividades.