Mundo ultrapassa 10 milhões de casos e 500 mil mortes por Covid-19


Guilherme Venaglia, da CNN em São Paulo
28 de junho de 2020 às 07:10 | Atualizado 28 de junho de 2020 às 20:16
 
A pandemia do novo coronavírus chegou a um novo patamar neste domingo (28). Segundo a Universidade Johns Hopkins, que faz o acompanhamento da pandemia, o número de casos registrados da Covid-19 no mundo ultrapassou a marca de 10 milhões. O total de mortos pela nova doença supera 500 mil.

Mais de um quarto dos casos é originário dos Estados Unidos, país que está na ponta dos registros com mais de 2,5 milhões de infectados. O Brasil é o segundo país com maior número de registros, com 1,3 milhão de casos.

Na sequência aparecem, segundo a Johns Hopkins, a Rússia (633 mil casos), a Índia (528 mil casos) e o Reino Unido (311 mil casos). Completam a lista dos dez países com mais casos, na ordem: Peru (275 mil), Chile (267 mil), Espanha (248 mil), Itália (240 mil) e Irã (220 mil).

Assista e leia também:

Embaixador britânico destaca que vacina é a única forma de acabar com a pandemia

Covid-19: testes preliminares da vacina de Oxford chegam a 90% de proteção

Do total de mortos pela doença do novo coronavírus, 125,7 mil estão nos Estados Unidos, 57 mil no Brasil, 43,5 mil no Reino Unido, 34,7 mil na Itália e 29,7 mil na França.

Por outro lado, cerca de metade já se recuperaram, em um total que recém superou os 5 milhões. O Brasil é o país com mais recuperados, são 727 mil, seguido pelos Estados Unidos (679,3 mil), a Rússia (392,7 mil), a Índia (309,7 mil) e o Chile (228 mil).