OMS reconhece surgimento de "evidências" sobre transmissão da Covid-19 pelo ar


Reuters
07 de julho de 2020 às 13:28 | Atualizado 07 de julho de 2020 às 13:41
ilustração coronavírus teste


A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu nesta terça-feira "evidências emergentes" de transmissão pelo ar do novo coronavírus, depois que um grupo de cientistas cobrou o organismo global a atualizar suas orientações sobre como a doença respiratória se espalha.

Em uma entrevista em Genebra, a especialista da OMS Benedetta Allegranzi disse que a organização acredita que a transmissão aérea "é uma possibilidade entre os modos de transmissão" do novo vírus.

Ontem, um grupo de cientistas publicou uma carta aberta à OMS e outras agências de saúde, pedindo que orientem as pessoas sobre os indícios de que o vírus, causador da Covid-19, é transmissível pelo ar.

A carta foi assinada por 239 cientistas de todo o mundo.

Leia também:

O que fazer se você estiver suando de máscara?

Máscara x óculos: é possível conciliar os dois sem enlouquecer na pandemia?