Presidente do Conselho de Saúde pede suspensão da cloroquina: 'Vidas em risco'


Guilherme Venaglia, da CNN em São Paulo
17 de julho de 2020 às 19:16
Pílulas de hidroxicloroquina

Para SBP, prescrição de cloroquina e hidroxicloroquina para crianças e adolescentes é inadequada em razão da falta de evidências consistentes

Foto: George Frey - 27.mai.2020 / Reuters

O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, divulgou nota nesta sexta-feira (17) defendendo a suspensão do uso da hidroxicloroquina em pacientes com a Covid-19. 

“Milhares de vidas estão em risco. Os efeitos colaterais podem ser severos. A ciência não pode ser negligenciada. São instituições renomadas que estão alertando, mas o governo parece não se importar”, critica.

A posição do CNS foi divulgada após uma recomendação expedida pelo governo à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), solicitando a divulgação da cloroquina e da hidroxicloroquina como tratamento precoce para a Covid-19, desde os primeiros dias de sintomas.

O conselho afirma apoio à posição da Fiocruz, que defende a utilização apenas permitida como opção aos médicos, mas não recomendada. O argumento da fundação é que o uso da cloroquina para o novo coronavírus é um uso "off label", expressão médica que significa que um medicamento está sendo utilizado para uma finalidade médica diferente daquela prevista em bula.

Assista e leia também:

Caos da pandemia no Brasil serve de laboratório para corrida global às vacinas

Sociedade Brasileira de Infectologia recomenda o abandono da hidroxicloroquina

Caos da pandemia no Brasil serve de laboratório para corrida global às vacinas

Em documento divulgado na tarde desta sexta (17), a Sociedade Brasileira de Infectologia considera "urgente e necessário" que a hidroxicloroquina "seja abandonada no tratamento de qualquer fase da Covid-19".

Segundo balanço do Ministério da Saúde, já foram distribuídos 4,3 milhões de comprimidos de cloroquina no país, o que representa 28,2% de todos os medicamentos que o governo federal repassou aos estados e municípios para o combate à doença do novo coronavírus.