Brasil confirma mais 23 mil casos e 716 mortes por Covid-19

Ao todo, país já confirmou 2.098.389 diagnósticos e 79.488 vítimas

Anna Satie, da CNN em São Paulo
19 de julho de 2020 às 18:20 | Atualizado 19 de julho de 2020 às 18:22
Profissional conduz teste rápido para detecção da Covid-19
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo (15.jun.2020)

O Ministério da Saúde reportou neste domingo (19) mais 23.529 novos casos e 716 mortes pela Covid-19. Ao todo, o Brasil já confirmou 2.098.389 diagnósticos e 79.488 vítimas fatais da doença causada pelo novo coronavírus. 

Os dados mostram os registros desde a tarde do dia anterior, independentemente da data em que tenham ocorrido. Há análises que levam até semanas para serem concluídas. Por conta do funcionamento das secretarias estaduais de Saúde, os números costumam ser menores aos fins de semana e às segundas-feiras. 

Leia também:

Prevenção à Covid-19 precisa continuar, diz secretário de Saúde de São Paulo

Confusão mental, fadiga, falta de ar: os efeitos de longo prazo da Covid-19

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) elogiou sua equipe de ministros, "a começar pelo da Saúde", Eduardo Pazuello. "Está dando certo", disse ele a apoiadores no gramado da residência oficial antes da cerimônia de arriamento da bandeira nacional. 

São Paulo segue como o estado com o maior número de casos, com 415.049 episódios e 19.732 mortes. Na sequência, aparecem Ceará (146.972 casos e 7.178 mortes) e Rio de Janeiro (138.524 casos e 12.114 mortes). 

Neste sábado (18), o Pará havia ultrapassado o Rio de Janeiro e se tornado o terceiro estado com o maior número de pacientes. No entanto, a Secretaria de Saúde fluminense enviou uma nota, dizendo que houve problemas nas bases de dados e que não divulgariam o boletim naquele dia.