OMS: Um em cada sete casos de Covid-19 no mundo ocorre em profissionais de saúde

Embora representem menos de 3% da população mundial, esses trabalhadores contabilizam cerca de 14% das infecções

Henrique Andrade* Da CNN, em São Paulo
17 de setembro de 2020 às 18:36

A Organização Mundial da Saúde divulgou um comunicado nesta quinta-feira (17/09) pedindo a governantes e líderes mundiais que priorizem o bem-estar e as condições de trabalho dos profissionais de saúde durante a pandemia da Covid-19. Segundo a organização, a crise do novo coronavírus evidenciou a importância desses trabalhadores para a sociedade por meio dos sistemas de saúde.

O alerta da OMS aponta para o fato que um em cada sete casos de Covid-19 no mundo ocorre em profissionais de saúde. Embora representem menos de 3% da população mundial, esses trabalhadores contabilizam cerca de 14% das infecções registradas pela organização, chegando até 35% em alguns países.

Leia e assista também

Profissionais de saúde mortos pela Covid-19: 24% estão em SP

Brasil registra mais 36 mil casos e 829 mortes por Covid-19 em 24 horas

"A pandemia nos lembrou da papel vital desempenhado pelos profissionais de saúde para salvar vidas", disse o diretor-geral da OMS, Dr. Tedros Adhanom. "Nenhum país consegue manter seus pacientes a salvo sem que garanta a segurança desses trabalhadores", concluiu.

Para o diretor-geral, os governos devem realizar quatro ações para ajudar médicos e enfermeiros: garantir a segurança. atenção á saúde mental, providenciar equipamentos de proteção individual e avançar programas de proteção.

No Brasil, mais de 257 mil profissionais da área foram infectados pelo novo coronavírus e 227 vieram a óbito, segundo o último levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde, em 24 de agosto.

*sob supervisão de Giovanna Bronze