Quadro grave de Covid-19 causa perda de massa muscular, apontam estudos

Pacientes com coronavírus em estado crítico perdem até 2% de massa muscular por dia

Da CNN
23 de setembro de 2020 às 09:12

Pacientes com Covid-19 em estado crítico perdem até 2% de massa muscular por dia de internação em Unidade de Tratamento Intensiva (UTI). A conclusão é de dois estudos do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O primeiro estudo analisou 140 pacientes idosos que passaram pelo hospital. Sem o novo coronavírus, eles foram submetidos a procedimentos cirúrgicos e tiveram a massa muscular analisada.

Leia e assista também:
200 mil mortes: Covid-19 causou mais óbitos nos EUA que 5 guerras somadas
Confira o status de desenvolvimento das principais vacinas contra a Covid-19
Brasil registra mais 33 mil casos e 836 mortes por Covid-19 em 24 horas

Paciente internado em hospital de São Paulo
Foto: CNN (23.set.2020)

A conclusão foi que esses pacientes com mais massa muscular têm menos riscos de contrair outras doenças, incluindo o novo coronavírus, durante o pós-operatório.

A partir desse resultado, outro estudo com 40 pacientes, que estavam em estado moderado ou grave com Covid-19, chegaram a perder entre 1% a 2% de massa muscular por dia. Ou seja, se ficarem dez dias na UTI poderiam chegar a perder 10% de massa muscular. 

Segundo o corpo médico e clínico do hospital, trata-se de uma perda extremamente perigosa e grave. Isso porque aumenta o risco desses pacientes contraírem outros tipos de infecção, além de terem comorbidades agravadas por conta disso.

Com essas conclusões, o hospital pretende iniciar um novo protocolo para esses pacientes, incluindo reforço muscular e fisioterapia, mesmo na UTI.

(Edição: André Rigue)