Congresso sobre câncer debate novos tratamentos e impactos da Covid-19

Oncologista Nise Yamaguchi preside 22ª edição do evento, que acontece neste sábado (26)

Da CNN
26 de setembro de 2020 às 16:50


O 22º Congresso Brasileiro de Cancerologia acontece neste sábado (26) em evento online que discute temas como novas terapias e tratamentos para o câncer durante a pandemia do novo coronavírus. 

A oncologista Nise Yamaguchi, que preside essa edição do evento, disse à CNN que aos menos 50 mil brasileiros em tratamento contra a doença foram impactados em seu atendimento desde o início do isolamento social.

"Houve uma dificuldade de marcação das consultas de rotina, então muitos pacientes deixaram de ter acesso à radio ou quimioterapia, cirurgias. Nós estamos correndo atrás desse prejuízo para a saúde brasileira", afirmou. 

A médica ressaltou que ainda não há provas de que pacientes com câncer sejam acometidos de forma mais grave pela Covid-19. "Tem um estudo recente que diz que mesmo pacientes com quimioterapia aparentemente não evoluíram tão mal assim, então são dados que ainda estão aparecendo."

Veja também:

Oncologistas esperam 'revolução' no tratamento do câncer até 2049, diz pesquisa

Correspondente Médico: Quais as causas e os sintomas do câncer de cólon?

Nelson Teich recebe prêmio

O ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, receberá o título de membro honorário da Sociedade Brasileira de Cancerologia durante o congresso.

Nise falou sobre o trabalho do médico a favor dos pacientes com câncer. "Ele tem uma participação importante hoje como personalidade, é oncologista, e estruturou grande serviço privado de oncologia. Ele tem papel relevante de pessoa de destaque e de construção de uma carreira."