Mundo ultrapassa a marca de 1 milhão de mortos pela Covid-19


Giulia Alecrim, Julyanne Jucá, Henrique Andrade e Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
28 de setembro de 2020 às 21:52 | Atualizado 29 de setembro de 2020 às 09:43

O mundo ultrapassou o número de um milhão de mortos pela Covid-19 nesta segunda-feira (28). Segundo o painel de monitoramento da Universidade Johns Hopkins, eram 1.000.555 mortes e 33.273.720 casos confirmados da doença às 21h50.

Em 11 de janeiro, a China divulgou oficialmente a primeira morte pelo Sars-Cov-2, que ocorreu em 9 de janeiro na cidade de Wuhan e que se tornou o primeiro epicentro da doença no mundo. A marca simbólica de um milhão, portanto, é alcançada cerca de 263 dias (pouco mais de oito meses) após o primeiro óbito.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) só declarou a doença como pandemia em 11 de março, tempos após a divulgação da morte na China e de manifestações do vírus em outros países, como a Itália (22 de fevereiro) e o Brasil (26 de fevereiro). A primeira morte no Brasil ocorreu em 12 de março.

Assista e leia também:

Diretor da OMS aponta subnotificação na contagem de casos e mortes por Covid-19

Veja o que acontece com o corpo após meses em isolamento

Podcast: Pandemia reduz número de doações e transplantes de órgãos

Dr. Sanjay Gupta: 5 equívocos comuns sobre a Covid-19 — e o que a ciência diz

100 mil mortes por Covid-19

Homenagem em São Paulo às 100 mil vítimas da Covid-19 no Brasil

Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

Os Estados Unidos ocupam o primeiro lugar em número de casos de coronavírus, com 7.139.734, seguido pela Índia (6.074.702) e pelo Brasil (4.732.309). Em quarto, está a Rússia com 1.154.299 casos confirmados, enquanto a Colômbia ocupa a quinta posição com 813.056.

Já entre os países com mais mortes em decorrência da Covid-19, Estados Unidos seguem em primeiro com 204.967, enquanto o Brasil aparece em segundo com 141.741, Índia em terceiro com 95.542, México em quarto com 76.430 e o Reino Unido em quinto, com 42.090.

Já o número de recuperados da doença no mundo chega a 22.976.092 pessoas, segundo a Johns Hopkins.

Confira a cronologia de mortes, levantada pela CNN.

Primeira morte - 09/01
Mil mortes - 10/02
10 mil mortes - 19/03
100 mil mortes - 09/04
500 mil mortes - 28/06
600 mil mortes - 17/07
700 mil mortes - 05/08
800 mil mortes - 22/08
900 mil mortes - 09/09