EUA têm segundo maior aumento de casos de Covid-19 desde início da pandemia

Foram registradas 76.195 novas infecções, número que só foi maior há mais de três meses

Reuters
23 de outubro de 2020 às 16:02
Fila de ambulâncias do lado de fora de hospital em Nova York
Foto: Brendam McDermid/Reuters (25.set.2020)

O número de casos novos de Covid-19, relatado nos Estados Unidos nesta quinta-feira (22), foi o segundo maior já registrado e ocorre pouco depois de um pico no verão, enquanto a disseminação do novo coronavírus se acelera em quase todas as regiões do país.

Casos, hospitalizações e mortes estão aumentando agora que o clima mais frio se instaura sobre a maior parte do país. Com um incremento de 76.195 novos casos na quinta-feira, os EUA estão se aproximando de seu recorde diário de 77.299, de 16 de julho, de acordo com uma análise da Reuters.

Apenas a Índia registrou mais casos em um único dia: 97.894 em 17 de setembro.

Leia também:

Trump promete vacina 'em semanas' e Biden critica condução da pandemia nos EUA

EUA aprovam Remdesivir como primeiro tratamento oficial da Covid-19

As mortes em decorrência da doença também mostram tendência de alta — 916 foram relatadas na quinta-feira, um dia depois de o país registrar mais de 1.200 vítimas fatais pela primeira vez desde agosto.

Os óbitos causados pela Covid-19 aumentaram 13% em relação à semana passada, atingindo uma média diária de 785 nos últimos sete dias.

Ao mesmo tempo, o número de pacientes de Covid-19 nos hospitais dos EUA atingiu uma alta em dois meses. Hoje existem quase 41 mil pacientes de coronavírus hospitalizados no país, uma elevação de 34% na comparação com 1º de outubro, segundo uma análise da Reuters.

A Dakota do Norte, que teve 887 casos novos na quinta-feira, continua sendo o estado mais atingido com base nos casos novos per capita, seguida por Dakota do Sul, Montana e Wisconsin.

Em termos de números totais, o Texas foi quem relatou o maior número na quinta-feira, 6.820 infecções, seguido pela Califórnia com 6.365.

Oito estados estabeleceram novos recordes de aumentos diários de casos, uma tendência agourenta que está levando alguns governadores a emitir novas restrições, inclusive a bares e restaurantes de algumas partes do Illinois.

Colorado, Illinois, Indiana, Montana, Dakota do Norte, Ohio, Oklahoma e Utah relataram seus maiores números diários de casos desde o início da pandemia.

Sete estados registraram cifras recordes de pacientes de coronavírus no hospital: Iowa, Kentucky, Oklahoma, Dakota do Sul, Tennessee, Wisconsin e Wyoming. O número de pacientes de Covid-19 hospitalizados no Meio-Oeste chegou a 11.369 na quinta-feira, uma alta recorde pelo sétimo dia consecutivo.

O doutor Jeff Pothof, especialista em medicina de emergência do setor de saúde da Universidade do Wisconsin na cidade de Madison, expressou preocupação com a falta de obediência a medidas de saúde pública no estado, onde alguns grupos contestaram as restrições determinadas pelo governador democrata Tony Evers nos tribunais.

A Europa também vive uma disparada de casos, e globalmente as novas infecções atingiram o recorde diário de 423.290 na quarta-feira (22).