Somente 10% da população brasileira fez teste para Covid-19, diz IBGE

Entre o total de pessoas que realizaram algum exame, 4,8 milhões testaram positivo - o equvalente a 22,1%

Fabrício Julião*, da CNN, em São Paulo
23 de outubro de 2020 às 12:09
Profissionais de saúde em posto de coleta para testes da Covid-19
Foto: Raquel Portugal/Fiocruz (22.mai.2020)


 Ao menos  21,9 milhões de pessoas fizeram algum teste de diagnóstico de Covid-19 até setembro deste ano. Isso equivale a 10,4% da população do país. Os dados são da edição mensal da PNAD COVID19, divulgada nesta sexta-feira (23) pelo IBGE, 

Entre o total de pessoas que realizaram algum exame, 4,8 milhões testaram positivo - o equvalente a 22,1%. 

Leia mais:
Anvisa atrasa autorização de importação de insumos para Coronavac, diz Butantan
Laboratório no Distrito Federal recebe insumos para produção da vacina russa
Vacina de Oxford terá insumos farmacêuticos da China, diz presidente da Anvisa

O Distrito Federal foi a unidade federativa com maior percentual de testes realizados, com 22.2%. A região é seguida pelos estados do Piauí (17%) e Goiás (16%). Já Pernambuco (6,8%), Acre (6,9%) e Minas Gerais (7,8%) se destacaram negativamente, entre as unidades com menor percentual. 

Os dados mostram uma desigualdade considerável entre pessoas com e sem educação. Entre os brasileiros sem instrução ao fundamental incompleto, 5,5% realizaram testes de diagnóstico do vírus, enquanto entre aqueles com ensino superior completo ou pós-graduação, o número salta para 21,5%. 

O porcentual também é maior no grupo de indivíduos com maior rendimento domiciliar per capita, chegando a 25,1% para aqueles na faixa de quatro ou mais salários mínimos. No mesmo período destacado, apenas 5,9% que se encontra na faixa de menos de meio salário mínimo fizeram ao menos algum teste.

Em relação às faixas etárias, pessoas com 30 a 59 anos de idade foram as mais testadas, 14,3%, seguidas pelos grupos de 20 a 29 anos (12,1%) e de 60 anos ou mais de idade (9,2%).

(*supervisão de Julyanne Jucá)