Infectologista diz que chegada do verão estimulou 2ª onda de Covid-19 na Europa

Roberto Medronho avaliou o cenário no continente

Da CNN
02 de novembro de 2020 às 11:30


O mundo bateu recorde em número de casos diários de infectados pelo novo coronavírus na última semana. Na Europa, países como Portugal e Reino Unido já anunciaram retomada do lockdown para tentar conter o avanço do vírus.

Para Roberto Medronho, infectologista da UFRJ, esta nova onda se deveu à chegada do verão no continente e a ida, principalmente dos jovens, para as ruas e praias.

Leia também:
'Europeus tinham dado pandemia por vencida', diz epidemiologista sobre 2ª onda

"O que está acontecendo na Europa é que as pessoas saíram da primeira onda e com a chegada do verão, principalmente a juventude, foi para as ruas se aglomerar nas ruas e nas praias. E isso tem um impacto muito grande na transmissão da doença", afirmou  o médico à CNN nesta segunda-feira (2).

E acrescentou: "Por isso estamos vendo uma nova explosão de casos na europa e, infelizmente, tendo que retroceder e tendo que decretar o lockdown nestes países", avaliou Medronho.