EUA registram novo recorde de infecções e hospitalizações por Covid-19


Da CNN
21 de novembro de 2020 às 15:21 | Atualizado 21 de novembro de 2020 às 18:46

Os Estados Unidos registraram, na sexta-feira (20), 195.500 infecções pela Covid-19 -- novo recorde de casos confirmados. Além disso, o país também atingiu ontem o maior número de pacientes em hospitais com a doença: 82.178, de acordo com o Projeto de Rastreamento Covid. 

Desde o início de novembro, 2,7 milhões de novos casos foram reportados na região.

O aumento das taxas de mortalidade segue o crescimento das hospitalizações. Apenas na semana passada, mais de 10 mil mortes nos EUA foram relatadas devido ao vírus - quase o dobro do número de mortes semanais de apenas um mês atrás. 

Leia também:

Lotação de leitos por Covid-19 prejudicará cirurgias, alerta infectologista

"É um momento de alerta", diz médica sobre aumento de casos de Covid-19 no Brasil

Covid-19: Maioria dos casos é transmitida por pessoas sem sintomas, diz agência

Segundo Deborah Birx, coordenadora da força-tarefa de coronavírus da Casa Branca, este novo aumento de casos é diferente dos anteriores. "É mais rápido, mais amplo. E o que me preocupa, pode ser mais longo”, disse ela ao Correspondente Médico Chefe da CNN americana, Dr. Sanjay Gupta. 

Devido ao súbito crescimento de infecções, algumas unidades hospitalares estão sobrecarregadas. Pelo menos 24 chefes de hospitais alertaram a American Hospital Association que estão enfrentando escassez de pessoal, disse Nancy Foster, vice-presidente da associação para política de qualidade e segurança do paciente. Essas preocupações foram levantadas em estados como Texas, Wisconsin, Illinois, Minnesota e Dakota do Norte e do Sul. 

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, 254.897 pessoas faleceram nos Estados Unidos devido à Covid-19. O país possui 11.963.509 casos confirmados, segundo a universidade.