Com maior taxa de transmissão desde maio, Covid-19 supera 170 mil mortes no país

Ao todo, 170.115 brasileiros foram vítimas da doença causada pelo novo coronavírus

Anna Satie, da CNN em São Paulo
24 de novembro de 2020 às 19:37 | Atualizado 24 de novembro de 2020 às 20:03
Cemitério
Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Com 630 vítimas registradas nas últimas 24h, o Brasil ultrapassou nesta terça-feira (24) a marca de 170 mil mortes por Covid-19

Ao todo, 170.115 brasileiros morreram pela doença causada pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. É o segundo maior total nacional do mundo, atrás somente dos Estados Unidos.

Também foram registrados mais 31.100 casos, levando o total a 6.118.708. 

Leia também:

Brasil tem um novo produto contra a Covid-19 a cada dois dias

Quando as vacinas contra a Covid-19 estarão disponíveis para os brasileiros?

Um relatório divulgado pelo Imperial College de Londres nesta terça mostrou que a taxa de transmissão do vírus no país foi a 1,3 — quase o dobro do observado no início do mês, quando chegou a 0,68. 

É a maior taxa registrada no país desde maio.

Uma taxa de 1,3 significa que cada 100 pessoas com o vírus contaminam outras 130.

A alta no crescimento também é acompanhada pela queda na adesão ao isolamento social. Em São Paulo, estado com o maior número de casos e mortes do país, a população isolada não é maior que 50% desde agosto

Uma pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta segunda (23) mostrou também que caiu o número de pessoas que acreditam que a pior parte da pandemia já passou. Em outubro, elas eram 64% dos entrevistados e agora são 46%. Para 47%, “o pior ainda está por vir” – no mês anterior, era 30%.

(Com informações de Jéssica Otoboni, da CNN, em São Paulo)