93% dos leitos de UTI do SUS estão ocupados no RJ

Taxa de contágio indica aceleração da Covid-19 no estado

Da CNN, em São Paulo
12 de dezembro de 2020 às 10:43 | Atualizado 12 de dezembro de 2020 às 10:51


Dados obtidos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro mostram que o número de casos confirmados do novo coronavírus no estado fluminense se aproxima de 385 mil e a atual taxa de contágio aponta para uma aceleração da propagação da doença.

Atualmente, 93% dos leitos de UTI do SUS estão ocupados no Rio.

A atual taxa de contágio no estado é de 1,33; o índice na capital é de 1,45. No noroeste fluminense, parte mais crítica, a taxa é de 1,65. Os pesquisadores apontam para um aumento no risco de contaminação nos próximos 35 dias.

Segundo este grupo de trabalho, se nenhuma medida de contenção for protocolada pelas autoridades, a curva de contaminação poderá atingir 760 mil novos casos em todo o estado. 

Ao todo, o Rio de Janeiro registra 23.600 mortes pela covid-19. 

Busca por leitos de UTI e enfermaria no Rio de Janeiro registrou crescimento
Busca por leitos de UTI e enfermaria no Rio de Janeiro registrou crescimento na última semana
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Medidas de restrição

A prefeitura da capital adotou algumas medidas que já estão valendo para este sábado (12). Além do comércio e setor de serviços terem sofrido mudanças nos horários de funcionamento, a orla de Copacabana não ficará mais com suas vias fechadas permitindo a livre circulação de pessoas. O uso das áreas de lazer dentro dos condomínios também ficará restrito.

Leia e assista também:

Brasil ultrapassa a marca de 180 mil mortos pela Covid-19

Ministério da Saúde diz que não confiscará vacinas adquiridas pelos estados