Indonésia anuncia eficácia de 65,3% da Coronavac e aprova uso emergencial


Da Reuters
11 de janeiro de 2021 às 05:50 | Atualizado 12 de janeiro de 2021 às 08:12

 


A Agência de Alimentos e Medicamentos da Indonésia anunciou, nesta segunda-feira (11), que a Coronavac, vacina contra a Covid-19 produzida pela Sinovac, apresentou 65,3% de eficácia com base em resultados preliminares de testes clínicos realizados no país em estágio avançado.

No mesmo anúncio, a agência informou que aprovou o uso emergencial do imunizante para combater o novo coronavírus no país.

Leia também:
Aprovação da Coronavac depende da consolidação de dados, diz infectologista
Doria cobra 'senso de urgência' da Anvisa para aprovar Coronavac
'É desafiador para Butantan e Anvisa serem os primeiros a aprovar a Coronavac'

"Esses resultados atendem aos requisitos da Organização Mundial da Saúde de um mínimo de eficácia de 50%."

disse Penny K. Lukito, que dirige a agência reguladora de alimentos e medicamentos do país, BPOM.

Lukito observou, ainda, os resultados de ensaios no Brasil e na Turquia.

Um ensaio baseado no Brasil mostrou na semana passada que a vacina candidata do Sinovac é 78% eficaz, enquanto pesquisadores turcos disseram em dezembro que a vacina mostrou 91,25% de eficácia com base em análises provisórias.

A Indonésia está lutando contra o pior surto de Covid-19 no sudeste da Ásia e as autoridades estão contando com uma vacina para ajudar a aliviar as crises econômicas e de saúde que devastam o país.

O país, até aqui, registrou 836.718 infecções pelo novo coronavírus e 24.343 mortes.

A Indonésia já recebeu 3 milhões de doses da vacina da Sinovac espera receber cerca de 122,5 milhões a mais em breve.