Ministro diz a prefeitos que pode vacinar dia 20 de janeiro

Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro relatou encontro com Eduardo Pazuello no Twitter

Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
14 de janeiro de 2021 às 11:38 | Atualizado 14 de janeiro de 2021 às 18:37


 


O prefeito Gean Loureiro (DEM), de Florianópolis (SC), falou em entrevista para a CNN nesta quinta-feira (14) os principais tópicos principais da reunião entre os prefeitos e o Ministério da Saúde. Entre os tópicos, a data de vacinação contra a Covid-19 — que deve começar, segundo Loureiro, em 20 de janeiro.

"Caso a vacina seja aprovada para seu uso emergencial pela Anvisa, as vacinas serão enviadas para os estados na segunda-feira (18), no dia seguinte serão enviadas para os municípios e na quarta-feira (20) deve começar a vacinação."

"Serão 8 milhões de doses [de vacina contra o coronavírus] distribuídas no Brasil", escreveu Lourreiro em uma publicação no Twitter. "Início previsto da vacinação é quarta-feira, dia 20, 10h em todo o território nacional."

Leia e assista também

Estados têm autonomia para fazer campanhas próprias de vacinação contra Covid-19

Atraso do Brasil com a vacina acrescenta risco à recuperação econômica

Fiocruz envia carta ao Butantan dizendo que Coronavac é ‘alento para sociedade’

Reunião Pazuello
Ministro Eduardo Pazuello se reúne com mais de 130 prefeitos para discutir vacinação contra a Covid-19
Foto: Divulgação/FNP

Ele continua: "De acordo com o ministro Pazuello, na próxima segunda chegam as 2 milhões de doses da Astrazenca para os estados. Há também as 6 milhões da CoronaVac."

Segundo o prefeito de Florianópolis, com a Anvisa liberando neste domingo (17) as vacinas, a distribuição já começa na semana que vem.