Governo compra 10 milhões da Sputnik V e causa impasse com estados do Nordeste

Autorização acabou por gerar um impasse com estados do Nordeste, pois ocorre na véspera de o governador da Bahia, Rui Costa (PT), assinar contrato com russos

Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
11 de março de 2021 às 21:36 | Atualizado 12 de março de 2021 às 00:05

O Ministério da Saúde autorizou no final da tarde desta quinta-feira (11) a assinatura de um contrato para a aquisição de 10 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 Sputnik V no segundo trimestre deste ano.

A autorização acabou por gerar um impasse com estados do Nordeste, pois ocorre na véspera de o governador da Bahia, Rui Costa (PT), fechar um contrato com o Fundo Soberano da Rússia para a aquisição de pelo menos 20 milhões de doses para seu estado e outros estados da região.

O motivo é que o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou que fechará na manhã desta sexta-feira um contrato de compra e venda com o Fundo. Isso fez com que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e ele conversassem nessa noite. Segundo o governador, Pazuello disse ter interesse em fazer a compra de todas as doses possíveis e teria pedido que ele intermediasse a compra com o fundo.

Vacina russa Sputnik V será produzido no Brasil pelo laboratório União Química
Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo

"O ministro informou que comprou as 10 milhões de doses da Sputnik e eu disse a ele que independentemente disso nós vamos assinar o contrato. Ele falou então que o Ministério tem interesse em adquirir todas as doses que o fundo tiver disponível", disse Costa à CNN.

"Falei para ele que faria essa intermediação, mas que pretendia comprar as 20 milhões de doses pois temo perder a oportunidade dessa compra", disse Rui Costa, que disse ainda que o fundo russo teria 39 milhões de doses disponíveis para o Brasil. Os dois deverão voltar a se falar nesta sexta-feira.

Sobre a Pfizer, o ministério da Saúde informou que se reuniu com representantes da farmacêutica hoje para definição dos últimos termos do contrato, mas que ele não foi assinado. A expectativa é de que isso ocorra nesta sexta-feira.