Índice de isolamento social cai 8% em dez meses no estado de São Paulo

Governo usa um esquema de monitoramento inteligente, feito em parceria com as operadoras de telefonia móvel, para a mensuração dos dados

Tiago Américo Da CNN, em São Paulo
13 de março de 2021 às 09:52

Em todo o estado de São Paulo, o índice de isolamento social caiu 8% levando em consideração os últimos dez meses de pandemia de Covid-19. O número representa cerca de 3,5 milhões de pessoas a mais fora de casa. A melhor taxa registrada no ano de 2021 foi de 51%.

Mesmo com o estado de São Paulo na fase mais rígida de controle de circulação de pessoas, durante os dias de semana a taxa de isolamento não tem atingido nem mesmo 50%. Na quinta-feira (11), o índice foi de 42% apenas.

O governo usa um esquema de monitoramento inteligente, feito em parceria com as operadoras de telefonia móvel, para a mensuração destes dados. Em todo o estado, 139 cidades, com mais de 50 mil habitantes, participam do cálculo. 

Os dados são obtidos pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas. "As operadoras de telefonia, das 22h às 2h, marcam o ponto onde aquele celular dormiu. Como se fosse a referência da residência das pessoas. Se durante o dia, o indivíduo se afastar desta região, a pessoa sai do índice de isolamento social", explica Alessandro Santiago, pesquisador do IPT.

Segundo a Secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, Patrícia Ellen, a adoção da fase vermelha já tem mostrado resultado. 

"Durante os quatro primeiros dias da fase vermelha nós tivemos um ganho de isolamento entre 3 e 4 pontos percentuais por dia. Essa melhoria é importante para reduzir a velocidade de crescimento da pandemia, mas precisamos ir além", diz Ellen.