Ministério da Saúde reabrirá 271 leitos federais no Rio nas próximas semanas

Os primeiros 80 leitos serão entregues até sexta-feira. Entre eles, 30 de terapia intensiva

Stéfano Salles, da CNN no Rio de Janeiro
23 de março de 2021 às 17:57 | Atualizado 23 de março de 2021 às 18:01
Pessoas aguardam vagas para leitos de UTI em São Paulo
O Ministério da Saúde busca ainda parcerias com o setor privado, para possibilitar a contratação de funcionários especializados
Foto: Reprodução / CNN

A cidade do Rio de Janeiro terá a reabertura de 271 leitos federais para Covid-19 nas próximas semanas, para auxiliar no enfrentamento da pandemia no momento em que ela se agrava. Deste total, 104 serão de unidade de terapia intensiva e 164 de enfermaria. 

Os primeiros 80 leitos serão entregues até sexta-feira (26). Aos poucos, eles já estão sendo disponibilizados. Deste total, serão 50 de enfermaria e 30 de unidades de terapia intensiva (UTI), distribuídos entre quatro das seis unidades da rede na capital.

Serão 17 leitos de enfermaria no Hospital do Andaraí, 12 no Servidores do Estado, 11 no Cardoso Fontes e 10 em Ipanema. Os de terapia intensiva serão 18 no Hospital da Lagoa e 12 no Servidores do Estado. Na próxima semana, o plano é entregar mais 59. Destes, serão 31 de enfermaria e 28 de terapia intensiva. 

O superintendente do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, coronel George Divério confirmou as informações. "Estamos seguindo as orientações do ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello. Em nosso primeiro encontro, o novo ministro, Marcelo Queiroga, também recomendou que atuássemos nessa direção. Estamos fazendo o nosso máximo para ampliar a oferta", afirmou o superintendente. 

O Ministério da Saúde busca ainda parcerias com o setor privado, para possibilitar a contratação de funcionários especializados e com experiência no trabalho em unidades de terapia intensiva.