OMS pede alinhamento entre os poderes para a condução da pandemia no Brasil

'Desejamos ao ministro Marcelo Queiroga muita competência e firmeza na condução do enorme desafio que tem hoje', disse a vice-diretora da organização

Raphael Florêncio, da CNN em São Paulo
23 de março de 2021 às 11:33

O Brasil ultrapassou a marca de 12 milhões de casos confirmados de Covid-19, e em meio à escalada dos números, a Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu o alinhamento entre poderes no país na condução da pandemia.

“Na verdade, nós desejamos ao ministro Marcelo Queiroga muita competência e firmeza na condução do enorme desafio que tem hoje o Brasil pela frente", disse Mariângela Simão, vice-diretora da OMS.

"Acho que a mensagem extremamente importante e que ele já se posicionou é sobre as políticas de saúde serem baseadas em evidência científica e que também sejam alinhadas nas três esferas de governo."

Congresso Nacional, em Brasília
Foto: CNN Brasil (1º.fev.2021)