Governo distribui 1,1 mi de doses da vacina da Pfizer nesta segunda (10)

Doses devem ser aplicadas em pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas e pessoas com deficiências permanentes

Pedro Teixeira*, da CNN em Brasília
10 de maio de 2021 às 06:52

O lote com 1,1 milhão de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 será distribuído nesta segunda-feira (10) para todas as capitais brasileiras. As vacinas vão sair de Guarulhos, em São Paulo, e, segundo o Ministério da Saúde, serão distribuídas entre os 26 estados da federação e o Distrito Federal de forma "proporcional e igualitária". 

Por enquanto, as capitais estão sendo priorizadas por causa das dificuldades de armazenamento da vacina, que exige temperaturas muito mais baixas que as demais. 

As doses devem ser aplicadas em pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas e pessoas com deficiências permanentes. 

A distribuição das doses exige dos governos e dos estados uma operação logística específica, já que as vacinas da Pfizer precisam ser armazenadas em temperaturas mais baixas do que as da AstraZeneca e a Coronavac, as outras vacinas atualmente em uso no país. 

De acordo com o Ministério da Saúde, as doses sairão do centro de distribuição em Guarulhos (SP), onde estão conservadas entre -90ºC e -60ºC, e irão para refrigeradores dos estados, expostas a temperaturas de -20ºC. Nas salas de vacinação, onde as doses ficarão armazenadas entre 2ºC e 8ºC, a aplicação deve acontecer em, no máximo, cinco dias.

 

(Com informações de Gregory Prudenciano, da CNN, em São Paulo)

Vacina da Pfizer começa a ser aplicada em Porto Alegre
Vacina da Pfizer começa a ser aplicada em Porto Alegre (06.mai.2021)
Foto: Reprodução / CNN