SP apresenta plano de testagem em aeroportos e rodovias contra novas cepas

Proposta com ações foi repassada neste sábado (22) ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

Da CNN
22 de maio de 2021 às 12:27 | Atualizado 22 de maio de 2021 às 12:46

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se reuniu neste sábado (22) com o secretário de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, com a finalidade de implementar um plano de ações contra a entrada da nova variante da Índia na capital.

O município propôs um sistema de testagem nos aeroportos e rodovias federais para identificar novas variantes da Covid-19.

Nos aeroportos, a ideia é que haja testes para pessoas que venham do estado do Maranhão e da Argentina; país que também detectou a  cepa da Índia em sua população.

Plano de ação aeroportos (21 de maio de 2021)
Foto: Reprodução / CNN

A proposta foi muito bem recebida por Queiroga, que disse à CNN que o tema já estava em discussão dentro do Ministério da Saúde. O ministro afirmou que a proposta de Aparecido está alinhada com o entendimento da Saúde, bem como servirá de base para consolidar uma ação nacional.

Queiroga reiterou ainda que a Anvisa desempenha um excelente trabalho nos portos e aeroportos.

O plano de ações apresentado por Edson Aparecido inclui a barreira sanitária por vias terrestres. Equipes de saúde estarão nas estradas para fazer triagens de passageiros, e também no Terminal Rodoviário Tietê, zona Norte de São Paulo, para que consigam identificar se algum passageiro está com suspeita de Covid-19.

Esta proposta foi discutida com a finalidade de evitar que a cepa originária da Índia se espalhe para outras regiões do Brasil, tal como aconteceu com a variante P1 de Manaus. 

Plano de ação rodovias e Terminal Rodoviário Tietê (21 de maio de 2021)
Foto: Reprodução / CNN