Pfizer reduz chance de infecção por Covid em mais de 51% após primeira dose 

Pesquisa foi feita em Israel com dados de mais de 500 mil pessoas 

Heloisa Villela, da CNN, em Nova York
08 de junho de 2021 às 01:12

 

Um estudo feito em Israel, pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Tel Aviv, concluiu que a vacina da Pfizer reduz entre 51% e 54% os casos de Covid-19 sintomáticos e assintomáticos. 

A pesquisa foi dividia em duas partes, dos primeiros 12 dias após a aplicação do imunizante e depois do 13º ao 24º dia. A segunda dose não foi levada em conta para o levantamento. 

O estudo foi realizado com dados de mais de 500 mil pessoas.  

 

Vacina da Covid-19 em Tóquio
Profissional de saúde prepara dose de vacina Pfizer/BioNTech contra Covid-19 para aplicação em Tóquio, em 17/02/2021
Foto: ehrouz Mehri/Pool via REUTERS