Nilópolis-RJ já revacinou 51,8% dos suspeitos de terem recebido vacina vencida

Município prossegue a investigação; especialistas entendem que pacientes não correm risco

Stéfano Salles, da CNN, no Rio de Janeiro
10 de julho de 2021 às 13:29
Profissional de saúde prepara dose da vacina da AstraZeneca contra Covid-19
Profissional de saúde prepara dose da vacina da AstraZeneca contra Covid-19
Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

Cidade da Baixada Fluminense onde 727 pessoas podem ter recebido vacinas da AstraZeneca fora da data de validade, Nilópolis já revacinou desde segunda-feira (5) 377 pessoas, o que representa 51,8% do total. Esse número aponta para pacientes que efetivamente receberam a dose administrada fora da data adequada. A informação foi confirmada neste sábado pelo município à CNN.

Ao todo, cinco funcionárias da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) têm feito desde a penúltima sexta-feira (2) busca ativa pelos pacientes que podem ter recebido o imunizante vencido. Cerca de 400 já foram contatadas e devem aparecer no posto de saúde com o cartão de vacinação, para verificar a data de validade da vacina recebida.

Segundo a Prefeitura de Nilópolis, a SMS já constatou que em alguns casos suspeitos, o imunizante foi aplicado dentro da data de validade. No entanto, o município de 160 mil habitantes não divulgou o número total de pacientes se enquadram nessa situação.

Especialistas ouvidos pela CNN entendem que os pacientes que tiverem recebido vacina fora da data de validade não correm risco adicional. A única ameaça é a de não estarem imunizados contra a Covid-19, como explica o virologista Fernando Spilki, coordenador da rede Corona-Ômica, vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

“Em caso de suspeita, revacinar é mesmo o procedimento correto. Mas ninguém corre risco nenhum de ter algum problema por causa da vacina vencida. O problema é não ser imunizado, o que será corrigido com uma nova aplicação”, avalia.

A prefeitura continua a investigação sobre as doses. Enquanto isto, a partir da próxima semana, serão vacinados os moradores na faixa de 41 a 32 anos, com duas idades por dia. Homens se vacinam pela manhã e mulheres recebem o imunizante à tarde.

Calendário de vacinação

Segunda-feira (12/7) - Pessoas com 41 e 40 anos

Terça-feira (13/7) – Pessoas com 39 e 38 anos

Quarta-feira (14/7) – Pessoas com 37 e 36 anos

Quinta-feira (15/7) – Pessoas com 35 e 34 anos

Sexta-feira (16/7) – Pessoas com 33 e 32 anos

Sábado (17/7) – Repescagem para pessoas de 32 anos ou mais