22 mortes: Brasil registra o menor número de óbitos por Covid-19 desde março de 2020

Segundo dados do Conass, foram registradas 2.541 novas contaminações da doença nas últimas 24 horas

Anna Gabriela Costada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 22 mortes por Covid-19 desde nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conasss), neste domingo (17). Esse é o menor número registrado desde 29 de março de 2020, no início da pandemia, quando o país também teve 22 mortes pela doença.

Foram 2.541 novas contaminações no último dia, conforme os dados divulgados neste domingo. Com a atualização dos dados, o país já soma 661.960 mortes e 30.252.618 infecções causadas pela doença.

A média móvel de óbitos pela Covid-19 está em 100, o pico foi registrado em 12 de abril de 2021, com média de 3.124 óbitos a cada sete dias. Já a média móvel de casos — considerando os últimos sete dias — está em 14.317. O pico de média móvel foi registrado em 3 de fevereiro de 2021, com 189.526 casos por sete dias.

Por que algumas pessoas não se infectam com o coronavírus

A primeira teoria diz que certas pessoas são capazes de eliminar o novo coronavírus. Isso graças aos anticorpos neutralizantes e células T de memória que eles têm em seu corpo, produto de terem sofrido de resfriados antigos.

Existem quatro tipos de coronavírus que causam 30% dos resfriados em humanos.

A segunda teoria diz que certos seres humanos são capazes de produzir substâncias dentro de suas células. São substâncias que não apenas destroem o vírus invasor, mas também destroem a célula infectada.

Três estudos apoiam a primeira teoria, aquela que diz que ter sofrido vários resfriados durante a vida, anticorpos neutralizantes e células de memória direcionadas contra esses vírus podem proteger de forma cruzada contra o novo coronavírus.

Mais Recentes da CNN