400 voluntários vão participar da 1ª fase de testes da Butanvac

Imunizante, desenvolvido pelo Instituto Butantan, teve os estudos em humanos aprovados pela Anvisa

Renan Fiuza*, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

Os hospitais das Clínicas de São Paulo e da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, no interior do estado, serão os locais de testes clínicos da vacina Butanvac contra a Covid-19. A primeira fase irá envolver 400 voluntários.

O imunizante, desenvolvido pelo Instituto Butantan, teve os estudos em humanos aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A agência ainda aguarda algumas informações complementares por parte do instituto. 

Segundo a Anvisa, a pesquisa clínica de fase 1 e 2 da Butanvac será dividida em três etapas: A, B e C. Neste momento, foi autorizada a etapa A do estudo que vai envolver 400 voluntários. Ao todo, a fase clínica 1 e 2 tem previsão de 6 mil voluntários com 18 anos ou mais.

A vacina será aplicada com duas doses em um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda dose.

 

(*com informações de Anna Gabriela Costa, da CNN, em São Paulo)

 

Mais Recentes da CNN