Agência da Itália aprova 2 anticorpos monoclonais para tratamento da Covid-19

Essas proteínas feitas em laboratório simulam a habilidade de o sistema imunológico repelir patógenos prejudiciais, como os vírus

Da CNN

Ouvir notícia

 

A Agência de Medicamentos Italiana (Aifa) autorizou nesta quinta-feira (4) a utilização de dois anticorpos para tratamento da Covid-19, segundo a agência de notícias do país Ansa.

Esses anticorpos monoclonais são proteínas feitas em laboratório que simulam a habilidade de o sistema imunológico repelir patógenos prejudiciais, como os vírus.

 

Regeneron começou fase final de testes com coquetel de anticorpos contra Covid
Regeneron começou fase final de testes clínicos com coquetel de anticorpos para tratar casos de Covid-19
Foto: Reuters

Os tratamentos com os dois anticorpos monoclonais, desenvolvidos pelas empresas norte-americanas Regeneron e Eli Lilly, podem ser utilizados em algumas situações e por um grupo limitado de pacientes, informou a Ansa.

As duas companhias afirmam que esses métodos podem ter um papel importante na pandemia, mesmo quando mais pessoas forem vacinadas.

Tratamentos monoclonais têm muitas vantagens – eles funcionam quase que imediatamente, diferente das vacinas, que levam algumas semanas para ter efeito. 

A Regeneron vem testando seu próprio método como uma forma de proteger os mais vulneráveis a infecções após uma pessoa da casa onde moram testar positivo para a Covid-19.

(Com informações de Antonia Mortensen e Duarte Mendonça, da CNN Internacional)

Mais Recentes da CNN