Agência dos EUA amplia autorização de uso do antiviral remdesivir contra a Covid

Medicamento será utilizado em casos leves e moderados da doença por via intravenosa por três dias

FDA afirma que o uso do remdesivir não substitui a vacinação contra a Covid-19
FDA afirma que o uso do remdesivir não substitui a vacinação contra a Covid-19 Foto: Ulrich Perrey/Pool/AFP/Getty Images

Katherine Dillingerda CNN

Ouvir notícia

A agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) tomou medidas, nesta sexta-feira (21), para expandir o uso do antiviral remdesivir para o tratamento da Covid-19 em casos leves e moderado.

O remdesivir, vendido sob a marca Veklury, recebeu uma autorização de uso emergencial nos EUA em maio de 2020 para uso em pessoas hospitalizadas com Covid-19 grave. Em outubro de 2020, a FDA aprovou o medicamento para qualquer pessoa com 12 anos ou mais que estivesse hospitalizada.

Agora, a agência ampliou a aprovação para incluir pessoas com 12 anos ou mais que testam positivo para Covid-19 e não estão no hospital, e estão com a doença leve a moderada e correm alto risco desenvolvimento de um quadro grave. Também expandiu para permitir seu uso em crianças menores de 12 anos que atendem aos mesmos critérios.

Esses pacientes podem receber o remdesivir por via intravenosa por três dias.

“As ações de hoje reforçam o arsenal terapêutico para tratar a Covid-19 e responder ao aumento da variante Ômicron”, disse a Dra. Patrizia Cavazzoni, diretora do Centro de Avaliação e Pesquisa de Medicamentos da FDA.

“As ações de hoje oferecem aos pacientes adultos e pediátricos com Covid-19 leve a moderado que correm alto risco de Covid-19 grave, uma opção de tratamento que eles poderiam receber fora de um ambiente hospitalar tradicional, inclusive em instalações de enfermagem qualificadas, ambientes de saúde domiciliar e instalações ambulatoriais, como centros de infusão”, continuou.

A FDA ainda observou que o remdesivir não substitui a vacinação para prevenir os casos graves de Covid-19 e complicações como hospitalização e morte.

Cuidados básicos ajudam a prevenir a Covid-19 e a gripe:

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN