Agência dos EUA autoriza teste “auto-coletável” de anticorpos contra Covid-19

Teste é o primeiro a permitir a coleta pelo próprio paciente, utilizando amostras de sangue seco

Interação do coronavírus com as células vista de um microscópio
Interação do coronavírus com as células vista de um microscópio Foto: Reprodução

Por Naomi Thomas, da CNN

Ouvir notícia

A Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos, emitiu uma autorização de uso emergencial para um sistema de teste auto-coletável para detecção da Covid-19.

O teste permite que as pessoas saibam se já foram infectadas com o coronavírus e é o primeiro a usar amostras de sangue seco coletadas em casa, que são enviadas a um laboratório Symbiotica para serem analisadas.

“O teste de coleta domiciliar de anticorpos terá um papel importante em ajudar os profissionais de saúde a identificar indivíduos que desenvolveram uma resposta imune adaptativa de infecção recente ou anterior por Covid-19”, afirmou o Dr. Jeff Shuren, diretor do Centro de Dispositivos e Saúde Radiológica da FDA, em um comunicado nesta terça-feira (06).

O FDA, porém, alerta que o teste não deve ser usado para diagnosticar ou excluir infecção aguda pelo SARS-CoV-2. O sistema de teste de anticorpos auto-coletados da Covid-19 foi autorizado para uso sob prescrição e deve ser feito por pessoas com 18 anos ou mais ou coletado por um adulto para crianças a partir de 5 anos.

O desempenho do teste não foi estabelecido em pessoas que receberam a vacina contra a Covid-19, afirmou a agência. b“O significado clínico de um resultado de anticorpos positivo ou negativo após a vacinação com Covid-19 não foi estabelecido, e os resultados deste ensaio não devem ser interpretados como uma indicação ou grau de proteção contra infecção após a vacinação”, reforça a nota. 

(Texto traduzido. Leia o original em inglês).

Mais Recentes da CNN