Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Alemanha supera 100 mil casos diários de Covid-19 pela primeira vez

    Ministro da Saúde alemão alerta que pico ainda não foi atingido; vacinação deve tornar-se obrigatória no país até maio

    Riham Alkousaada Reuters

    A Alemanha registrou um recorde de 112.323 novos casos de coronavírus nesta quarta-feira (19), depois que o ministro da Saúde disse que o pico ainda não havia sido atingido e que a vacinação obrigatória deve ser introduzida até maio.

    O país também registrou 239 mortes no espaço de 24 horas, para um total acumulado de 116.081, disse o Instituto Robert Koch (RKI) para doenças infecciosas.

    Apesar do novo recorde, a associação de medicina intensiva da Alemanha (DIVI) disse que o número de pacientes com Covid-19 em unidades de terapia intensiva estava caindo.

    Mas o Ministério da Saúde disse que o aumento de infecções é preocupante e pode sobrecarregar os hospitais a médio prazo.

    A variante Ômicron altamente infecciosa elevou a média de sete dias da Alemanha para 584,4 casos por 100 mil pessoas.

    O ministro da Saúde, Karl Lauterbach, disse à emissora RTL na terça-feira: “Acho que atingiremos o pico da onda em meados de fevereiro e, em seguida, o número de casos poderá cair novamente”.

    Lauterbach disse acreditar que pode haver o dobro de casos não relatados do que conhecidos.

    O ministro disse que um mandato de vacina deve ser introduzido rapidamente, em abril ou maio, para evitar outra onda de infecções com possíveis novas variantes no final do ano.