Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Anvisa proíbe venda de dois lotes de chocolates em tablete da marca Garoto

    Lotes de barras de chocolate ao leite "castanhas de caju" e "castanhas de caju e uva passas" podem ter sido contaminados por fragmentos de vidro durante a fabricação, segundo a agência

    Anvisa
    Anvisa Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Lucas RochaCarolina Figueiredoda CNN

    em São Paulo

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nesta terça-feira (18), a proibição de venda, distribuição e uso de dois lotes da marca de chocolates Garoto. A medida também determina o recolhimento voluntário dos lotes 225212941G e 225312941G de chocolate em tablete de 80 gramas da marca que podem conter fragmentos de vidro.

    Lotes com suspeita de contaminação são de barras de chocolate ao leite “castanhas de caju” e “castanhas de caju e uva passas”.

    De acordo com a Anvisa, o procedimento de recolhimento foi iniciado pela empresa, tendo em vista a constatação de avaria em um dos equipamentos de produção da fábrica com risco de conter pequenos fragmentos de vidro em produtos dos dois lotes, podendo causar lesões na boca ou mucosas.

    A Anvisa informa que, com base nos registros da empresa, há possibilidade de contaminação apenas nos dois lotes específicos e que não há restrição de uso dos demais produtos da marca.

    De acordo com a documentação apresentada pela empresa no comunicado de recolhimento voluntário à Anvisa, a maior parte dos produtos dos lotes implicados não foi comercializada. No entanto, alguns produtos foram distribuídos em Vila Velha, no Espírito Santo, e no estado de Santa Catarina.

    A CNN entrou em contato com a empresa Garoto que respondeu em nota que realiza o recolhimento voluntário de um lote do tablete Chocolate Garoto 80g Caju (L 225212941G, validade 09/09/2023) e um lote do tablete Chocolate Garoto 80g Caju e Passas (L 225312941G, validade 10/09/2023), após ter identificado a possibilidade remota de que algumas unidades desses lotes tenham sido produzidas com pequenos fragmentos de vidro (veja a íntegra abaixo).

    Segundo a empresa, foi suspensa imediatamente a distribuição e comercialização desses dois lotes de produtos e a ação de recolhimento é restrita aos estados de Santa Catarina e Espírito Santo, onde os lotes foram distribuídos.

    Como identificar os lotes

    O lote do produto pode ser observado no verso do rótulo, próximo ao lacre (veja imagem abaixo).

    A Anvisa afirma que os produtos com os códigos de lote 225212941G ou 225312941G não devem ser consumidos.

    A agência orienta que a embalagem deve ser guardada e o consumidor deve entrar em contato com Serviço ao Consumidor da Garoto para troca ou reembolso. O contato para ligações é 0800 055 95 50, pelo e-mail o atendimento pode ser feito pela conta sacgaroto@garoto.com.br.

    Número dos lotes pode ser observado na parte de trás das embalagens / Divulgação/Anvisa

    Nota Garoto

    A GAROTO informa que está promovendo o recolhimento voluntário de um lote do tablete Chocolate Garoto 80g Caju (L 225212941G, validade 09/09/2023) e um lote do tablete Chocolate Garoto 80g Caju e Passas (L 225312941G, validade 10/09/2023), após ter identificado a possibilidade remota de que algumas unidades desses lotes tenham sido produzidas com pequenos fragmentos de vidro. A empresa suspendeu imediatamente a distribuição e comercialização desses dois lotes de produtos e esclarece que a ação de recolhimento é restrita aos Estados de Santa Catarina e Espírito Santo, onde os lotes foram distribuídos. Grande parte das unidades envolvidas já foi recolhida pela empresa, que está colaborando com as autoridades para que as demais unidades sejam recolhidas.

    A suspeita da presença de pequenos fragmentos de vidro provém da quebra de um sensor na linha de fabricação, que pode ter tido algum contato com os referidos lotes. A empresa reforça que a qualidade e segurança de seus produtos são prioridades inegociáveis, e que adota rígidos padrões e controles em todas as etapas do processo produtivo e de distribuição. A GAROTO reforça seu compromisso com a segurança dos seus consumidores e disponibiliza os canais 0800 055 95 50 e sacgaroto@garoto.com.br para contato.