Após morte de funkeira MC Atrevida, dona de clínica presta depoimento à polícia

Depoimento durou quase duas horas e proprietária disse que a clínica possui alvará de funcionamento

MC morre após realizar cirurgia de hidrolipo; especialista explica riscos do procedimento
MC morre após realizar cirurgia de hidrolipo; especialista explica riscos do procedimento Foto: Reprodução/CNN

Jairo Nascimento, da CNN, no Rio

Ouvir notícia

A proprietária da clínica Rainha das Plásticas, Wania Tavares, foi ouvida pela polícia civil no inquérito que investiga a morte de Fernanda Rodrigues, 43 anos, conhecida como MC Atrevida, após um procedimento de lipoescultura. A cantora morreu no Hospital Evandro Freire, na zona norte do Rio, na última segunda-feira (27).

O depoimento durou quase duas horas. Wania disse que a clínica possui alvará de funcionamento. O estabelecimento foi fechado pela Vigilância Sanitária, nesta quinta-feira (30), sob as alegações de falta de licença sanitária e permanência de serviço de internação. “Estou consternada com que aconteceu, muito abalada”, disse a empresária. Os parentes da funkeira também foram ouvidos nesta semana.

Leia mais:
MC morre após realizar cirurgia de hidrolipo no RJ; especialista explica riscos

A polícia também investiga a formação do médico responsável pelo procedimento estético. Ele tem registro ativo no Conselho de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) como ginecologista, não cirurgião plástico. Por nota, o Conselho disse que vai investigar e que processo segue em sigilo.

No dia 16 de julho, MC Atrevida fez uma hidrolipo na clínica no bairro de Vila Isabel, zona norte do Rio. Dez dias depois, ela passou mal, foi internada e morreu. De acordo com o atestado de óbito, a causa foi uma infecção generalizada na pele.

André Kataoka, diretor da Sociedade de Cirurgia Plástica, explicou em entrevista à CNN que “hidrolipo tem que ser feita em um ambiente hospitalar, uma clínica que seja credenciada e autorizada pela Anvisa. Hidrolipo e lipoaspiração, como quaisquer cirurgias, tem seus riscos e a pessoa tem que tomar o máximo de cuidado”.

Wania, em uma rede social, explicou que falou com a filha de MC Atrevida sobre a possibilidade da cantora ter feito um outro procedimento estético anterior e que a “mistura” pode ser prejudicial. Ela também afirmou pela transmissão na internet que será candidata a vereadora pela cidade do Rio de Janeiro.

Mais Recentes da CNN