Aviões comerciais levaram mais de 2,7 mil itens para transplantes no 1º semestre de 2023

Transporte é feito gratuitamente pelas companhias aéreas

Desde o início de 2014, o total de materiais transportados pelos ares chega a 61,3 mil.
Desde o início de 2014, o total de materiais transportados pelos ares chega a 61,3 mil. Foto: CNN Brasil

Leonardo Rodriguesda CNN

São Paulo

No primeiro semestre de 2023, 2,7 mil itens para transplantes foram transportados pelas companhias aéreas brasileiras.

Entre os itens, estão órgãos, tecidos e outros materiais utilizados nesses procedimentos.

Os dados da Central Nacional de Transplantes, órgão vinculado ao Ministério da Saúde, apontam ainda que o total de materiais transportados pelos ares desde o início de 2014 chega a 61,3 mil.

O período engloba a atuação do programa Asas do Bem, em que as empresas se comprometem com esse transporte gratuitamente.

Idealizadora do programa, a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear) ressalta que os aviões que levam esses itens têm prioridade de pouso e decolagem. Mais de 80% das viagens aéreas com itens de transplantes são feitas por aeronaves comerciais.

Situação dos transplantes no Brasil

Entre janeiro e maio de 2023, foram realizados no Brasil:

  • 2.023 transplantes de órgãos
  • 3.673 transplantes de tecidos
  • 1.026 transplantes de medula óssea

Os dados são do Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), publicação da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO).

Vídeo — RJ bate recorde de doações e transplantes de órgãos