Biden incentiva imunização após aprovação definitiva da vacina da Pfizer nos EUA

Em discurso nesta segunda-feira (23), o presidente dos Estados Unidos pediu para que as pessoas não esperem para se vacinar

Douglas Portoda CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, incentivou os norte-americanos a continuarem se vacinando contra a Covid-19 em pronunciamento oficial nesta segunda-feira (23). A concessão de registro definitivo da vacina da Pfizer pela Agência reguladora de medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês), segundo Biden, é mais um motivo para que as pessoas se imunizem.

“Se você é um dos milhões de norte-americanos que disseram que não iriam se vacinar até o imunizante ter a aprovação final da FDA, isso agora aconteceu. O momento pelo qual você estava esperando está aqui, é hora para você ir tomar a vacina e tomar hoje”, disse Biden.

 

A vacina da Pfizer foi a primeira ser aprovada definitivamente pela FDA. Outras vacinas administradas nos Estados Unidos, a Janssen, da Johnson e Johnson e a Moderna permanecem apenas em autorização emergencial.

Até o momento, segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, 201 milhões de pessoas tomaram ao menos uma dose da vacina, e 170 milhões estão totalmente vacinados, o que corresponde a 51,5% da população. Conforme informações da Universidade Johns Hopkins, até o momento, são 628.766 mortes e 37,3 milhões de casos da Covid-19 no país.

“As pessoas estão morrendo e irão morrer. Então, se você ainda não se vacinou, faça isso agora. Você pode salvar sua vida e das pessoas que você ama. As boas notícias são que as pessoas estão se vacinando. Nas últimas semanas meu governo colocou novos requisitos de vacinação para servidores federais, pessoas que trabalham em instalações de saúde, em casas de repouso, e governadores, e administrações municipais estão fazendo a mesma coisa”, explicou o presidente.

(Com informações da CNN)*

Mais Recentes da CNN