Brasil registra queda acentuada de transplantes de órgãos

O principal motivo da diminuição foi a contraindicação devido ao risco de transmissão da Covid-19

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 O número de transplantes de órgãos no Brasil teve uma queda acentuada no primeiro semestre de 2021. 

O principal motivo da diminuição de transplantes e doações de órgãos foi a contraindicação, que teve um aumento de 44%, devido ao risco de transmissão da Covid-19

Apesar da queda houve um aumento de 13% nos transplantes de órgãos se comparado ao mesmo período do ano passado, de acordo com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). 

O transplante de órgão que mais diminuiu foi o renal, que teve uma queda de 16,3%. O estado brasileiro que apresentou maior queda em transplantes e doações foi Santa Catarina. 

Em segundo lugar, o transplante que mais diminuiu foi o de coração, com uma queda de 15%. Em relação ao transplante cardíaco, o estado de maior queda foi o Ceará. 

Publicado por Evandro Furoni

Mais Recentes da CNN