Cachorros podem não diferenciar rostos humanos, aponta estudo

Animais não percebem mudança entre lados da cabeça

Da CNN

Ouvir notícia

Os cachorros podem não se importar com os rostos dos seus donos. A informação faz parte de um novo estudo feito por pesquisadores do México e da Hungria. 

A pesquisa analisou os cérebros de 20 cães por meio de ressonância magnética. Durante o exame, fotos da frente e da parte de trás de cabeças humanas foram mostradas aos animais.

Leia também:

Com ‘day care’, maior parque para cachorros da América Latina é inaugurado

Cachorro é fotografado em cama para animais de estimação
Cachorro é fotografado em cama para animais de estimação
Foto: Reprodução/Pixabay

 

Os resultados apontaram que os cães não conseguiam distinguir rostos e eles só percebiam a diferença entre um humano e um outro cachorro.

O estudo ainda indicou que o cheiro e partes maiores do corpo são mais importantes para os cachorros distinguirem as pessoas do que a face.

(edição de texto: Luiz Raatz)

Tópicos

Mais Recentes da CNN