Capital do Rio tem 94 casos suspeitos de Ômicron

Até agora, apenas um caso da variante foi confirmado na cidade

Segundo pesquisa, vacina da Pfizer tem eficácia de 33% proteção contra a variante Ômicron do coronavírus
Segundo pesquisa, vacina da Pfizer tem eficácia de 33% proteção contra a variante Ômicron do coronavírus CDC/Pexels

Beatriz Puente*da CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O Rio de Janeiro investiga 94 casos suspeitos da variante Ômicron do novo coronavírus. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (30) pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS).

Por enquanto, a cidade tem apenas um caso confirmado da nova cepa, reconhecido no dia 20 de dezembro. A paciente havia tomado as duas doses da Pfizer e teve apenas sintomas leves. No último dia 24, eram 28 casos em investigação na capital.

Segundo a nota da SMS, algumas amostras serão encaminhadas à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para sequenciamento genômico a fim de verificar se algum paciente está infectado pela variante Ômicron.

O Centro de Informação Estratégica em Vigilância em Saúde (Cievs) do município está investigando e monitorando os casos. Até o momento, todos os pacientes estão acompanhados e apresentam sintomas leves. Nenhum precisou ser internado.

Na última semana, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio identificou aumento do índice de positividade dos testes para Covid-19, subindo de 0,7% para 5,5%.

Atualmente, segundo a Agência CNN, o Brasil registra 116 casos confirmados da variante Ômicron. Outros 119 casos suspeitos aguardam o sequenciamento genômico.

*Sob supervisão de Adriana Freitas

Mais Recentes da CNN