CFM define como experimental uso de cloroquina em apresentação inalatória

Decisão veio após o conselho se debruçar sobre a possibilidade da inalação desses remédios ser uma alternativa para reduzir o risco de eventos adversos

Gabriel Cruz, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Diario Oficial da União desta quarta-feira (12) publicou uma resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) que estabelece como procedimento experimental a administração de hidroxicloroquina e cloroquina em apresentação inalatória. 

Pelo texto, tratamentos médicos baseados nessa abordagem podem ser realizados somente por meio de protocolos de pesquisa aprovados pelo sistema de Comitês de Ética em Pesquisa (CEPs) e Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep).

Segundo o CFM, a decisão veio após o conselho se debruçar sobre a possibilidade da inalação desses remédios ser uma alternativa para reduzir o risco de eventos adversos e aumentar a eficácia no tratamento contra a Covid-19.

Comprimidos de cloroquina produzidos no Laboratório Químico Farmacêutico do Exér
Comprimidos de cloroquina produzidos no Laboratório Químico Farmacêutico do Exército
Foto: LQFex/Exército Brasileiro (31.mar.2020)

Mais Recentes da CNN