Cientistas desenvolvem exame que detecta 50 tipos de câncer antes dos sintomas

Pesquisadores afirmam que a tecnologia poderá ser utilizada em escala populacional como complemento aos testes de rastreamento de câncer existentes

Teste de sangue poderá detectar cerca de 50 tipos de câncer
Teste de sangue poderá detectar cerca de 50 tipos de câncer Foto: Getty Images (Thana Prasongsin)

Lucas Rocha, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A identificação precoce do câncer é fundamental para a obtenção de melhores resultados no tratamento e prognóstico da doença. Um grupo de cientistas de países como Reino Unido, Estados Unidos e Canadá atua no desenvolvimento de um exame de sangue que poderá detectar 50 tipos de câncer.

A tecnologia apresentou altos níveis de precisão, de acordo com um estudo publicado no periódico científico Annals of Oncology. Segundo os pesquisadores, o teste detecta a doença antes mesmo do aparecimento de sinais e sintomas. O estudo sugere que a ferramenta poderá ser utilizada em escala populacional de forma complementar aos testes de rastreamento de câncer existentes.

O teste busca sinais para múltiplos cânceres a partir da detecção de DNA livre (encontrado fora das células) e outras substâncias que circulam no sangue liberadas pelos tumores.

O estudo contou com a participação de 4.077 voluntários, sendo 2.823 com algum tipo de câncer, e 1.254 indivíduos que não apresentam a doença. Os pesquisadores avaliaram a especificidade, sensibilidade e precisão de predição do teste.

Os resultados apontaram que a especificidade para detecção de sinal de câncer foi de 99,5%. A sensibilidade do teste variou conforme o estágio da doença, quanto mais avançado o câncer, maior foi o nível de sensibilidade identificado, chegando a 90,1% no estágio IV, o mais grave.

O teste indicou com precisão a presença de câncer em 51,5% dos casos, índice geral de sensibilidade que considera todas as fases da doença. Sinais da doença foram detectados em cerca de 50 tipos de câncer, incluindo o de esôfago, cabeça e pescoço, fígado, pulmão, linfoma, ovário e pâncreas. A precisão geral sobre a origem do câncer em casos de fato positivos foi de 88,7%.

Segundo o artigo, o teste de detecção precoce de múltiplos cânceres demonstrou alta especificidade e precisão da predição da origem do sinal de câncer e detectou sinais da doença em uma ampla diversidade de cânceres. “Esses resultados apóiam a viabilidade deste teste de detecção precoce de múltiplos cânceres baseado no sangue como um complemento aos testes de rastreamento de câncer único existentes”, diz o trabalho.

Tópicos

Mais Recentes da CNN