Com alta de casos de “Flurona”, vacinação contra gripe pode ser antecipada para março

Imunização contra gripe costuma ocorrer em todo país, normalmente, a partir do mês de abril

A vacinação é uma das formas de facilitar o diagnóstico dos casos suspeitos do novo coronavírus, pois a gripe e a covid-19 têm sintomas semelhantes
A vacinação é uma das formas de facilitar o diagnóstico dos casos suspeitos do novo coronavírus, pois a gripe e a covid-19 têm sintomas semelhantes Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Basília Rodriguesda CNN

Ouvir notícia

O Ministério da Saúde avalia antecipar a campanha de vacinação contra gripe H3N2 no país para março, mês em que o Instituto Butantan informou ao governo que conseguirá entregar as vacinas contra a doença.

O diretor do Butantan, Dimas Covas, confirmou à CNN nesta quarta-feira (5) que em março fará a entrega das vacinas ao Ministério da Saúde.

O Butantan é o fornecedor oficial do governo federal das vacinas que protegem contra as novas cepas da gripe.

A possibilidade de antecipar a vacinação contra gripe no país ocorre em meio ao surgimento de casos de pessoas que estão tanto com o coronavírus quanto gripadas pelo vírus Influenza. A contaminação simultânea é conhecida como “flurona”.

Ainda não há dados consolidados do Ministério da Saúde sobre a quantidade de casos no país.

A versão disponível de vacina contra gripe atualmente não inclui a variante Darwin, o que demandou uma atualização, com base em recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A vacinação contra gripe costuma ocorrer em todo país, normalmente, a partir de abril. A antecipação já ocorreu em outros momentos.

Em 2020, primeiro ano de coronavírus, a campanha de vacinação contra gripe foi antecipada para o fim de março, como forma de combater a doença, que apresenta sintomas que podem se confundir com o coronavírus e dificultar o diagnóstico correto.

O Ministério da Saúde informou que o imunizante é o recomendado pela OMS para o hemisfério sul no ano de 2022 e contempla em sua composição o vírus H3N2, circulante no país neste momento.

Mais Recentes da CNN