Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Com dados afetados de nove estados e do DF, Brasil registra 49 mortes por Covid

    De acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), informações foram impactadas por indisponibilidade dos sistemas do Ministério da Saúde

    País tem um total de 617.803 mortes e 22.213.762 infecções confirmadas desde o início da pandemia
    País tem um total de 617.803 mortes e 22.213.762 infecções confirmadas desde o início da pandemia Breno Esaki/Agência Saúde DF

    Lucas RochaGiulia Alecrimda CNN

    em São Paulo

    O Brasil registrou 49 mortes e 1.419 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Neste domingo (19), as médias móveis de óbitos e de infecções ficaram em 139 e 3.414, respectivamente.

    Com a atualização, o país tem um total de 617.803 mortes e 22.213.762 infecções confirmadas desde o início da pandemia, em março de 2020.

    Os dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) neste domingo representam o segundo menor número de mortes em 2021 e o menor número de casos do ano.

    No entanto, as estatísticas apresentaram alterações devido à indisponibilidade dos sistemas de informação do Ministério da Saúde. Pelo menos nove estados e o Distrito Federal tiveram dados impactados com a ausência de atualização ou revisão das informações sobre a pandemia.

    Entre os estados afetados estão Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo e Tocantins.

    Câmara técnica faz manifestação favorável à vacinação de crianças contra a Covid-19

    Em reunião na última sexta-feira (17), a Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI Covid-19) demonstrou apoio unânime dos presentes à vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra o coronavírus, com o imunizante da Pfizer, em alinhamento à decisão da Anvisa sobre o assunto.

    “Tendo em vista o recente parecer favorável por parte da Anvisa em relação ao pedido de autorização para aplicação da vacina desenvolvida pela fabricante Pfizer na população pediátrica entre 5 e 11 anos de idade no Brasil, a CTAI Covid-19 manifestou-se unanimemente favorável à sua incorporação na campanha nacional de vacinação, em reunião ordinária realizada no dia 17 de dezembro de 2021”, informou a nota do CTAI.

    (Com informações de André Rigue, da CNN)