Conselho Nacional de Enfermagem investiga quase 100 casos de vacinação falsa

Segundo membros do conselho, 32 das acusações foram julgadas como procedentes

Produção de Julyanne Jucá e Júlia Carvalho, da CNN

Ouvir notícia

O Conselho Nacional de Enfermagem (CNE) já recebeu 98 denúncias de vacinação falsa desde o início da imunização contra o coronavírus no Brasil. Deste total, 32 acusações foram julgadas como procedentes, gerando a instauração de processos éticos, enquanto 17 denúncias foram consideradas improcedentes. As demais estão em apuração.

Só em São Paulo, o Conselho Regional de Enfermagem registrou mais de 50 denúncias de falsa vacinação, sendo mais de 20 delas na capital paulista. As denúncias para o conselho nacional são feitas pelos conselhos regionais, que repassam ao CNE.

Apesar da marca quase centenária de denúncias, o conselho nacional diz que o número é relativamente baixo diante das 28 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 que já foram aplicadas no Brasil.

A falsa vacinação ocorre quando o técnico de enfermagem introduz a agulha no paciente, mas não o líquido do imunizante.

Vacinação contra a Covid-19 na Marquês de Sapucaí
Vacinação contra a Covid-19 na Marquês de Sapucaí (22.abr.2021)
Foto: Reprodução / CNN

 

Mais Recentes da CNN