Coronavac: SP diz que insumos para 8,6 mi de vacinas estão ‘prestes a embarcar’

A nova remessa trará 5,4 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) da fábrica da biofarmacêutica Sinovac, na China

Matheus Prado, da CNN

Ouvir notícia

 

O governo de São Paulo afirmou neste domingo (31) que deve receber, na quarta-feira (3), matéria-prima para o Instituto Butantan produzir mais 8,6 milhões de vacinas da Coronavac. “Carga está em liberação no Aeroporto de Pequim”, diz a nota. A nova remessa trará 5,4 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) da fábrica da biofarmacêutica Sinovac, na China. 

Na última sexta-feira (29), o estado de São Paulo entregou ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, um lote com 1,8 milhão de doses da vacina do Butantan, “concluindo o cronograma estabelecido com o órgão federal que previa a entrega de 8,7 milhões de vacinas até 31 de janeiro”.

Deste total, 410 mil doses permaneceram em São Paulo para dar continuidade à campanha de imunização local, que, segundo dados do governo, já ultrapassou a marca de 387 mil pessoas vacinadas até as 7h55 deste domingo (31).

A expectativa é que o reforço seja suficiente para que o grupo da fase 1 da campanha seja imunizado em sua totalidade, o que inclui trabalhadores da saúde, indígenas, quilombolas, idosos residentes em instituições de longa permanência e pessoas com deficiência a partir de 18 anos institucionalizados.

Além disso, o estado também deve começar a vacinar os idosos acima de 85 anos em fevereiro.

Mais Recentes da CNN