Correspondente Médico: entenda os sintomas do tumor no cólon, descoberto em Pelé

Aos 80 anos, o tricampeão mundial com a seleção brasileira e que marcou mais de 1.200 gols na carreira, fez uma cirurgia no cólon para a retirada de um tumor

Produzido por Raphael Coraccinida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Na edição desta terça-feira (7) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes falou sobre o tumor no cólon, descoberto em Pelé.

Aos 80 anos, o tricampeão mundial pela seleção brasileira, e com 1.200 gols contabilizados na carreira, fez uma cirurgia no cólon para a retirada de um tumor. A doença foi descoberta depois de Pelé passar por exames de rotina na última semana.

Segundo o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde o rei do futebol segue internado, o material retirado na cirurgia vai passar por uma análise patológica para que os médicos descubram a natureza do tumor.

“Nosso intestino é um tubo que começa pela boca e vai até a região do ânus. É a região onde as fezes são formadas, onde existe uma maior absorção de água e requer uma atenção especial referente ao surgimento de verticilos e também da transformação e surgimento de câncer”, explicou o médico.

Segundo Fernando Gomes, o tumor no cólon tem alguns sintomas comuns de qualquer problema intestinal, mas que precisam receber atenção, como dores no abdômen, pélvis ou reto, presença de sangue nas fezes, constipação, diarreia e obstrução intestinal.

“Esses sinais aparecem de forma lenta e progressivamente. É mais comum que surja em pessoas com idades mais avançadas, depois dos 50 anos de idade. E, muitas vezes, o diagnóstico é feito em exames de rotina.”

Mais Recentes da CNN