Covid-19: Brasil fecha semana epidemiológica com mortes diárias abaixo de 500

Entre os dias 17 e 23 de outubro, os números diários de óbitos pela infecção causada pelo novo coronavírus ficaram abaixo de 500

Vacinação de adolescentes contra a Covid-19 no Distrito Federal
Vacinação de adolescentes contra a Covid-19 no Distrito Federal Sandro Araújo/Agência Saúde DF

Lucas Rochada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 318 mortes e 11.716 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. O balanço da semana epidemiológica, encerrado sempre aos sábados, mostra que, nos últimos 7 dias, os números diários de óbitos pela doença ficaram abaixo de 500.

Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) neste sábado (23). Com a atualização, o país tem um total de 605.457 mortes e 21.723.559 infecções confirmadas desde o início da pandemia, em março de 2020.

Vacina da Pfizer em crianças

A autoridade sanitária dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) afirmou que a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech atendeu aos critérios da agência para respostas imunológicas em um estudo em crianças de 5 a 11 anos. Leia mais.

Dose de reforço

Quase todos os municípios brasileiros já começaram a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19, segundo o levantamento semanal da Confederação Nacional de Municípios (CNM) realizado entre 18 e 21 de outubro. O balanço apontou que 95% das cidades, entre os 1.855 gestores ouvidos, já aplicam a terceira dose em pessoas com 60 anos ou mais e profissionais de saúde. Leia mais.

Vacinação avança na Coreia do Sul

A Coreia do Sul informou neste sábado que atingiu sua meta de vacinar 70% de seus 52 milhões de habitantes, abrindo caminho para um retorno planejado à normalidade no próximo mês. Leia mais.

Restrições na Romênia

O governo romeno reintroduzirá um toque de recolher noturno e tornará os passes de saúde obrigatórios para a entrada na maioria dos locais públicos a partir de segunda-feira (25), bem como deixará crianças em idade escolar de férias por duas semanas, com o objetivo de conter um aumento nos casos e mortes de Covid-19. Leia mais.

Mais Recentes da CNN