Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Covid-19: cidades de São Paulo e Rio iniciam vacinação de crianças de 6 meses a 3 anos nesta quinta (17)

    Esquema vacinal será de três doses, com a vacina pediátrica da Pfizer, aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

    Lucas RochaGiulia AlecrimPedro Guimarãesda CNN

    em São Paulo e no Rio de Janeiro

    A vacinação contra a Covid-19 entra em uma nova etapa. A vacinação de crianças entre seis meses e três anos de idade começa em capitais como São Paulo e Rio de Janeiro nesta quinta-feira (17). Veja a lista abaixo.

    O Ministério da Saúde orienta que, neste momento, os imunizantes devem ser oferecidos às crianças com comorbidades nesta faixa etária.

    O esquema vacinal será de três doses, com a segunda aplicada após um intervalo de quatro semanas (28 dias) da primeira; e a terceira, depois de oito semanas (56 dias).

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a ampliação do uso do imunizante da Pfizer, em formulação pediátrica, para bebês e crianças até três anos em setembro.

    Distribuição

    O Ministério da Saúde iniciou a distribuição de 1 milhão de doses de vacinas pediátricas contra a Covid-19 na quinta-feira (10).

    De acordo com a pasta, as vacinas são destinadas a crianças com comorbidades.

    A recomendação do ministério é de que a administração das vacinas contra o coronavírus ocorra simultaneamente às demais vacinas do calendário vacinal ou em qualquer intervalo na faixa etária de 6 meses de idade ou mais.

    No Rio de Janeiro, o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, destacou que, por conta da baixa quantidade de doses disponíveis (9.390), a aplicação ocorrerá apenas nesta quinta-feira.

    “Pais precisam se programar para levar seus filhos às unidades de saúde e fazer a vacinação. E o pai, quando levar o filho numa unidade de saúde, ele tem que lembrar que ele vai ter que levar mais duas vezes na mesma unidade de saúde”, reforçou Soranz.

    Na quarta-feira (16), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) lançou um alerta sobre a baixa cobertura vacinal da Covid-19 entre o público infantil. Segundo o levantamento, até o momento, apenas 5,5% das crianças entre 3 e 4 anos receberam as duas doses do imunizante no país.

    A aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) da aplicação do imunizante Coronavac nessa faixa etária aconteceu há quatro meses. No caso da dose pediátrica da Pfizer, a Anvisa aprovou a ampliação de uso da vacina para imunização de crianças entre 6 meses e 4 anos de idade no dia 16 de setembro.

    Vacinação nas capitais

    Entre as capitais, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Florianópolis começam a vacinação na faixa etária de seis meses a três anos nesta quinta-feira (17).

    O Distrito Federal, Recife, Vitória, Teresina, Campo Grande, João Pessoa, Macapá já deram início à vacinação.

    Porto Velho, Goiânia e Curitiba irão começar a vacinar nesta sexta-feira (18). Já em Aracaju, a previsão de início é a próxima segunda-feira (21). Salvador, Maceió e Manaus também devem iniciar o novo ciclo de vacinação brevemente.

    Em seis capitais, não há previsão de início: Fortaleza, Belém, São Luís, Boa Vista, Rio Branco e Cuiabá. As cidades aguardam a distribuição de doses pelo Ministério ou estado.

    Duas prefeituras de capitais não responderam aos questionamentos da CNN: Natal e Palmas

    *Com informações de Giulia Alecrim

    Cuidados básicos ajudam a prevenir a Covid-19