Covid: Com média móvel de mortes em queda, país registra 1.412 óbitos em 24 h

No total, Brasil já soma 547.016 mortes e 19.523.711 de casos do novo coronavírus

Funcionários de cemitério com roupa de proteção durante enterro de vítima da Covid-19 em Nova Iguaçu (RJ)
Funcionários de cemitério com roupa de proteção durante enterro de vítima da Covid-19 em Nova Iguaçu (RJ) Foto: Pilar Olivares - 16.jul.2020/Reuters

Anna Gabriela Costa, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou nesta quinta-feira (22) 1.412 mortes e 49.757 novos casos de Covid-19, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), referentes às últimas 24 horas. 

No total, o país já soma 547.016 mortes e 19.523.711 de casos do novo coronavírus. A média móvel de mortes continua apresentando queda desde o mês de junho, e ficou em 1.153 nesta quinta-feira. O índice representa o número de mortes por Covid-19 nos últimos sete dias.

Sete estados brasileiros já ultrapassaram a marca de 1 milhão de casos de Covid-19: São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia, Santa Catarina e mais recentemente o Rio de Janeiro, este com 1.005.098 contaminações.

Fiocruz inicia teste de efetividade da vacina na Maré

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) iniciará um estudo inédito para testar a efetividade da vacina AstraZeneca/Oxford, no complexo de favelas da Maré, na capital do Rio de Janeiro.

De acordo com o coordenador do projeto, o médico Fernando Bozza, a pesquisa será dividida em duas etapas para testar a proteção direta e indireta do imunizante. 

A primeira parte será a de vacinação em massa, que será do dia 29 de julho ao dia 1º de agosto, promovida pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio.

Os pesquisadores irão imunizar com a primeira dose da vacina de Oxford toda a população acima de 18 anos que reside na Maré.

A expectativa é antecipar a vacinação de 31 mil pessoas, e manter a vigilância epidemiológica dos mais de 140 mil cariocas que moram na comunidade. 

Mais Recentes da CNN